brazino777 - há 25 anos, Brasil produzia um legítimo modelo europeu

0

Primeiro carro fabricado pela marca no Brasil, Scenic encantou pelo espaço interno e design moderno para época

Renault Scenic original produzido no Brasil, atualmente no acervo histórico da marca
Renault Scenic original produzido no Brasil, atualmente no acervo histórico da marca

Atualmente a Renault produz no Brasil modelos como Kwid, Stepway, Logan, Duster e Oroch. O primeiro é um subcompacto da plataforma CMF-A, voltada para países emergentes, e os demais são da plataforma B0, de origem Dacia. Mas nem sempre foi assim! Há 25 anos a marca começou a produzir no Brasil um legítimo modelo europeu: o Scenic!

Há um quarto de século, as primeiras máquinas da linha de produção da Renault do Brasil começaram a operar, dando início à história do Complexo Industrial Ayrton Senna e à fabricação local de um dos veículos mais icônicos da marca no país: o Megane Scenic.

Lançado em março de 1999, o primeiro monovolume produzido em série no Brasil inaugurou um segmento de grande sucesso, trazendo inovações tecnológicas e de espaço, sendo uma opção versátil para famílias.

RecebanotíciasnoWhatsApp!
Inscreva-se em nosso canal no YouTube
Assine nosso canal no Telegram



O modelo se deu bem com com a venda de 33 mil unidades já no primeiro ano. Ao longo dos 12 anos em que esteve disponível no mercado brasileiro, foram comercializadas mais de 142 mil unidades, em diferentes versões e configurações, incluindo a versão Sportway, com apelo aventureiro. Globalmente, o Scenic, produzido durante 26 anos, entre 1996 e 2022, e passando por quatro gerações distintas, alcançou a marca de mais de cinco milhões de unidades vendidas.

Fim das minivans: Renault Scénic sai de linha após 26 anos


No Brasil, o Scenic foi inicialmente lançado na versão RXE, equipado com um motor de quatro cilindros a gasolina, com 2.0 litros, oito válvulas, capaz de gerar 115 cv a 5.400 rpm e 17,5 kgfm de torque a 4.250 rpm, com transmissão manual de cinco marchas. Logo após seu lançamento, a versão RT, com motor 1.6 16V (110 cv e 15,1 kgfm), também foi disponibilizada. Ao longo dos anos, o modelo passou por diversas alterações, incluindo uma reestilização em 2001, introdução de motorização flex, opção de transmissão automática, além do motor 2.0 16V de 140 cv.

O Scenic apresentava várias inovações para o final dos anos 90: design espaçoso, três bancos traseiros individuais e uma mesinha tipo aviação no encosto dos bancos dianteiros. O porta-malas tinha capacidade para 410 litros.

O Brasil fabricou carro projetado por Louis Morasse: curiosamente o Scenic foi projetado primeiro pelo lado de dentro. Cada passageiro teria o seu próprio banco e a condução mais alta para melhor visualização da estrada.

Confira estes conteúdos que estão bombando:
DPVAT 2023: seguro obrigatório não será cobrado
Porsche 918 Spyder tem o IPVA 2023 mais caro do Brasil
BOATO: mensagem no WhatsApp engana sobre Taxa de Licenciamento